A Escoop

Missão

Preparar profissionais para as diversas áreas das cooperativas, notadamente para a moderna gestão.

Visão

Ser entidade de referência em ensino e pesquisa do cooperativismo.

Função

Executar o ensino de formação profissional para as cooperativas;

Fomentar a produção científica no campo do cooperativismo;

Disseminar o conhecimento do cooperativismo em seus aspectos sociais e econômicos.

Estrutura

A sede da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo é no Centro de Formação Profissional Cooperativista do Sescoop/RS. A estrutura do local possui:

  • Quatro salas de aula com capacidade para até 40 participantes, equipadas com computador, tela, projetor multimídia, caixa de som amplificada, quadro branco e ar condicionado.
  • Um auditório com capacidade para até 147 participantes, equipado com um computador e pontos para notebook, wifi, duas telas, dois projetores multimídia, 10 caixas de som embutidas, uma mesa de áudio, microfones sem fio, púlpito e ar condicionado.
  • Laboratório de informática com capacidade para até 40 participantes, equipado com 21 computadores, tela, projetor multimídia, caixas de som amplificadas, quadro branco e ar condicionado.
  • Sala de reuniões com capacidade para até 30 participantes, equipada com computador, wifi, tela, projetor multimídia, caixa de som amplificada, quadro branco e ar condicionado.
  • Estacionamento coberto com capacidade para até 70 automóveis.

Corpo dirigente

Diretor geral, coordenador de Curso: Derli Schmidt

Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão: Mário De Conto

História

A Escoop surgiu com o objetivo de atender as demandas de qualificação das cooperativas gaúchas. A primeira experiência, que culminou na criação da Faculdade, ocorreu entre os anos de 2007 e 2010, no Curso Superior de formação específica em Gestão de Cooperativas, o Gescoop, realizado em parceria com a Univates, de Lajeado, e formou sua primeira turma em maio de 2010.

A Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo – Escoop foi credenciada pelo Ministério da Educação através da Portaria n° 994, de 19 de julho de 2011, assinada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, que autorizou o funcionamento da primeira Faculdade voltada exclusivamente ao Cooperativismo no Brasil, publicado no Diário Oficial da União no dia 25 julho de 2011. A Escoop é uma iniciativa do Sescoop/RS que pretende formar gestores de cooperativas, buscando qualificar ainda mais o Cooperativismo Gaúcho.

Avaliação do MEC

Antes do credenciamento, a Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo já havia tido duas avaliações do Ministério da Educação: Primeiro em relação à sua estrutura e Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) na qual obteve conceito 4 e a segunda avaliação foi referente ao Projeto Pedagógico do Curso de Tecnólogo em Gestão de Cooperativas tendo recebido conceito 5 (máximo nos critérios do MEC).